Carregando...

anqm@anqm.com.br

(84) 3272-4320 | (84) 9974-5202

Série "Horse Debates Equestres" discute os efeitos do coronavírus no segmento

Primeiro programa da série será dia 11/05, às 19h, ao vivo, com a participação dos presidentes das raças Quarto de Milha, Mangalarga Marchador e Crioulo

Pela primeira vez, presidentes das três maiores raças de cavalo no Brasil estarão participando de um debate ao vivo, para discutir a situação da equinocultura nacional, no programa de abertura da série "Horse Debates Equestres", realizado pela Revista Horse. A transmissão será na próxima segunda-feira, 11/05, às 19h, pelos canais da Revista Horse do YouTube, Facebook e o site www.revistahorse.com.br, com o tema "Os Impactos do Coronavírus no Segmento Equestre". A série de debates será realizada a cada 15 dias, sempre com a participação de representantes de associações de raças e entidades representativas do segmento equestre, além de outros agentes do setor. O público também poderá participar, encaminhando perguntas aos participantes.

 

Segundo o idealizador do projeto, o jornalista Marcelo Mastrobuono, editor da Revista Horse, o objetivo da série de debates é abrir um canal de aproximação e interação entre os principais agentes do segmento, para discutir assuntos de interesse comum. Ele explica que, além de dirigentes de associações de raça, a proposta é envolver outras entidades equestres e profissionais do agronegócio do cavalo, como criadores, atletas, treinadores, veterinários, entre outros. "Há tempos o setor carece de uma aproximação maior e, infelizmente, as restrições de eventos impostas para o combate à pandemia acabaram por evidenciar a necessidade de ações mais articuladas, conjuntas, que possam contribuir para o segmento como um todo", justifica.

 

No programa de abertura, estão confirmadas as presenças dos presidentes da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulo (ABCCC), Francisco Fleck, da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Mangalarga Marchador (ABCCMM), Daniel Borja, e da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM), Carlos Auricchio (Caco). O debate inaugural também terá questões encaminhadas por dois convidados especiais: o idealizador do Estudo do Complexo do Agronegócio Cavalo, Roberto Arruda, e do presidente da Câmara de Equinocultura Nacional, Zeca Pires. "Para dar início ao projeto, usamos como critério os representantes das maiores raças em número de registro de animais e associados, que neste momento de crise enfrentam os maiores problemas com os cancelamentos de eventos, mas a ideia é estender a todos os setores do cavalo, debatendo e trocando ideias sobre outros assuntos importantes do segmento", explica Mastrobuono, que fará a moderação nos debates.

 

Os interessados poderão em encaminhar perguntas, sugestões e críticas através do e-mail contato@revistahorse.com.br. A programação dos demais debates será divulgada nos próximos dias.

 

Fonte: Revista Horse

Mais noticias