Carregando...

anqm@anqm.com.br

(84) 3272-4320 | (84) 9974-5202

Atual gestão da ABQM cria departamento de bem-estar animal e sustentabilidade dos esportes equestres

Entre as atribuições da nova divisão está o de assegurar que as atividades relacionadas com os temas sejam cumpridas de acordo com Regulamentos Internos e o Manual de Boas Práticas para o Bem-Estar Animal em Competições Equestres do MAPA

Através de um Programa de Gestão de Melhoria (PGM) do Sistema de Gestão da Qualidade, a nova diretoria da ABQM, encabeçada pelo presidente Caco Auricchio, instituiu a criação de um departamento com fins específicos para as demandas relacionadas ao bem-estar animal e a sustentabilidade dos esportes equestres.

 

De acordo com o Superintendente Técnico Suplente, Orlando Filho, o intuito é fortalecer a cadeia produtiva do cavalo Quarto de Milha através de amparo do que a associação classifica como sendo os quatro pilares da sustentabilidade nos esportes equestres. Ou seja, segurança jurídica, bem-estar animal, meio ambiente e ações sociais.

 

"O referido departamento deverá atuar intimamente aos departamentos jurídico e de gestão da qualidade, garantindo assim suporte técnico em consonância a segurança jurídica. Além de propiciar respaldo aos núcleos e associações de modalidades da raça Quarto de Milha," detalha Orlando Filho.

 

Dessa forma, a nova divisão - que contará com o vice-presidente Jonatas Dantas como diretor consultivo -, terá, basicamente, as seguintes atribuições fundamentais ao decorrer de sua atuação. São elas:

 

  1. Supervisionar as atividades relacionadas ao bem-estar animal de equinos e bovinos participantes de nossos eventos, zelando assim pela saúde, integridade e conforto dos mesmos;
  2. Acompanhar e orientar prestadores de serviços quanto à montagem de infraestruturas que irão ser utilizadas para abrigo, condução e alimentação dos animais dentro dos eventos;
  3. Analisar relatórios e demais conteúdos produzidos pelos profissionais ligados ao setor de bem-estar animal
  4. Notificar e conscientizar criadores, proprietários, competidores e demais envolvidos com os animais, em casos de não cumprimento das regras do regulamento do Bem-Estar Animal;
  5. Atuar e estabelecer ações imediatas juntamente com os médicos veterinários responsáveis em casos de urgência e/ou emergência que envolva animais participantes dos eventos.
  6. Assegurar que as atividades do setor de bem-estar animal sejam cumpridas de acordo com Regulamentos internos da ABQM e Manual de Boas Práticas para o Bem-Estar Animal em Competições Equestres do MAPA.

 

Ainda de acordo com Orlando Filho, o novo departamento terá como meta uma participação ativa junto à Câmara Setorial de Equideocultura do MAPA.

 

"A ideia é criar um forte elo de interação entre a associação e comunidade acadêmica, fortalecendo ainda mais a sustentabilidade das práticas esportivas equestres e de toda a cadeia produtiva do cavalo, a fim de garantir total lisura às ações e intenções da associação".

 

Dessa forma, as ações desenvolvidas pela ABQM serão formadas por um conjunto de ideias, estratégias e demais atitudes ecologicamente corretas, economicamente viáveis, socialmente justas e culturalmente diversas.

 

 Publicado na Revista Quarto de Milha - Edição 241

Mais noticias