anqm@anqm.com.br

(84) 3272-4320 | (84) 9974-5202

Ismar Amorim: Em sintonia com a valorização genética

Homenageados de 2018


Ismar com a esposa Maria Christina

Quando se fala em aprimoramento genético e visão de futuro junto ao esporte de qualidade, um bom exemplo da criação Quarto de Milha na Região Nordeste do Brasil é dado pelo Haras Passira, localizado em Gravatá (PE). Seu fundador Ismar Gomes Amorim Filho, que merecidamente será homenageado pela ABQM no dia 24 de fevereiro no 8º Hall da Fama, sempre esteve envolvido com cavalos. O primeiro animal que montou, aos quatro anos de idade, foi um presente de seu pai e quando adulto, Ismar começou a correr Vaquejada e se dedicou ao esporte durante o período de 1964 e 1972.


Ismar premiando seu filho Rodrigo

O amor que sempre teve pelos esportes equestres e pelos atributos do cavalo QM, como docilidade, velocidade, inteligência e habilidade foram decisivos na sua escolha, já que a raça é hoje responsável pela grandeza da Vaquejada nas regiões Norte e Nordeste e se espalha cada dia mais por todo país.


El Two Eyed

Em 1980, Ismar iniciou sua criação no município de Passira (PE), vindo daí o nome de seu haras. Após 10 anos, mudou-se para Gravatá, também em Pernambuco. “Neste meio tempo, descobrimos que o nome Passira, em tupi guarani, significava ‘lugar encantado’, e, sendo assim, o nome irá continuar se perpetuando como Haras Passira”, afirmou o criador.


Mean And Lean

Com área total de 240 hectares, o Haras Passira conta com 210 ha de pastagens divididas em 32 piquetes e oito maternidades, sendo que o perfil do criatório privilegia a Vaquejada e em seguida as modalidades de Trabalho, Corrida, Tambor e Baliza. Na opinião de Ismar, as modalidades de Tambor e Baliza são fundamentais. E ele diz: “Meu filho, Rodrigo, começou a correr nessas provas, o que me deu a certeza absoluta que esse é o melhor caminho para a juventude e para a boa convivência esportiva”.

Com o objetivo de melhorar ainda mais a qualidade genética do seu plantel, que já possuía matrizes de linhagens como Eternaly Fred, Shady Apolo Bars, Mr Par Three, Dan’s Boy Skippy, Ismar importou dos Estados Unidos 25 éguas e seis garanhões, filhos de campeões mundiais - na época exigência do regulamento para importação da ABQM. Atualmente, a base genética do Haras Passira é composta por três linhagens que fazem parte do seleto grupo Hall Of Fame e Foundation da AQHA. São eles: Mean and Lean, El Two Eyed e Badgers Nurse.

“O criatório busca aperfeiçoar as qualidades da raça Quarto de Milha. E a minha rotina como criador é procurar sempre fazer cruzamentos que possam aumentar a heterozigoze dos animais”, expõe Ismar. E explica: “Isso favorece a sua estrutura óssea, reduz o estresse, aprimorando o balance, sem perder o cow-sense, obviamente, pois considero esta a maior virtude do cavalo Quarto de Milha”. E, para dar continuidade a esse projeto, em meados de 2011, o criatório adquiriu o garanhão de Apartação Beaver Freckles.


Ismar apresentando  um de seus animais em Conformação

O Haras Passira tem sido recompensado com resultados acima da média, tanto em leilões quanto nas competições. Bons exemplos são as vitórias conquistadas nos Estados Unidos, que produziram campeões nos esportes da Vaquejada, Tambor, Baliza, Apartação, Laço Cabeça, Laço Pé e Working Cow Horse, com vários produtos Registro de Mérito Superior.

Em 2006, o Haras começou a utilizar para reprodução o jovem garanhão El Patron Hap, “Lourinho” (filho de El Two Eyed em mãe Mean And Lean), que precocemente vinha se destacando nas provas de Vaquejada.

“Os meus animais já me deram tantas alegrias que, o mínimo que posso fazer é tratá-los com amor e responsabilidade”, finalizou Ismar.   

 

Mais notícias